PÓS-LIBRAS:
TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO

Apenas em 2010, por meio da lei 12.309/2010 foi regulamentada a profissão de tradutor da língua de sinais, publicada em 02/09/2010. Mas como se dá a formação deste profissional?

Em conformidade com o decreto 5.626/2005, a formação do tradutor/intérprete de LIBRAS deve dar-se por meio de cursos de extensão, graduação em Letras Libras e/ou em cursos de pós-graduação organizados em instituições educacionais.

Esta última formação implica necessariamente em produções acadêmicas e científicas. Este aspecto é muito relevante para a área, que devido ao seu rescentismo apresenta inúmeros questionamentos, os quais compreendem desde a atuação prática até a própria teoria linguística da LIBRAS.

Neste cenário de ampliação do mercado de trabalho para docentes e intérpretes de LIBRAS cresce a importância dos cursos de pós-graduação na área, os quais estão cada vez mais sendo procurados, assim como a necessidade de boa formação na área.

duração

18 meses

titulação

Especialista em Libras-Tradução e Interpretação

FORMA DE ESTUDO

O curso utiliza um blend de metodologias que facilitam a construção do conhecimento.

• Aulas Expositivas;
• Aulas práticas;
• Exercícios;
• Dinâmicas degrupo;
• Trabalhosindividuais;
• Seminários;

PERFIL DO ALUNO

Profissionais com graduação na área da educação e demais áreas que queiram atuar como tradutor intérprete e que possuem conhecimento intermediário de Libras.

MERCADO DE TRABALHO

Esta especialização possibilita:

• A atuação como tradutor ou intérprete de Português/Libras em diferentes esferas do discurso tais como educação, comunidade e conferências;
• Orientar projetos bilíngues e de acessibilidade;
• Ministrar aulas em cursos técnicos, de extensão, de graduação e de pós-graduação.

DIFERENCIAIS

O intérprete/tradutor de Libras é fundamental para dar acessibilidade à informação aos surdos. Especialize-se com qualidade, ética e competência em interpretação de libras.

grade comum

• Educação de Surdos: historicidade e política atual –(15h);
• Fundamentos culturais, sociológicos e políticos da Surdez –(15h);
• A prática da Libras 1 - (30h);
• Introdução à linguística geral –(15h);
• Linguística da Libras –(15h);
• A prática da Libras 2 - (30h);
• Bilinguismo paraSurdos: aquisição de L1 e L2 - (15h);
• Políticas Educacionaisatuais: Escola inclusiva e escola inclusiva bilíngue - (15h);
• Signwriting  (30h);

GRADE ESPECÍFICA

• Técnicas de interpretação. em Libras: simultânea e consecutiva – teoria e prática e *banca orientadora - (30h);
• Esferas de atuação, apresentação pessoal, ética e legislação - (15h);
• Estudos da tradução – teoria - (15h);
• Técnicas de tradução – procedimento. Técnicos da tradução e produção de vídeo – (15h);
• Interpretação modalidade Libras para voz: teoria e prática - (15h);
• Interpretação educacional – teoria e prática - (30h);
• Vocabulário específico de disciplinas nas áreas de extas e humanas – (30h);
• Interpretação de conferências – esfera acadêm. E esfera pública - (prática) - (15h);
• Interpretação na área jurídica e política – vocabulário e prática – (15h);
• Interpretação na área da saúde, religião e psicologia – vocabulário e prática – (15h);
• Técnicas de construção visual (Clown) - (30h);
• Técnicas de tradução - poesia e musicalidade em Libras- (15h);
• Supervisão de estágio (*banca avaliadora ao final do curso) - (30h);
Metodologia científica e orientação de monografias - (60h);
Estágio Supervisionado - (100h);

*** No período de aulas haverá uma banca orientadora pra orientar o aluno sobre sua fluência em Libras. No final do curso o aluno será avaliado por uma banca avaliadora, com nota, para sua aprovação como intérprete.***

inscreva-se já