O colégio do Instituto SELI atende alunos surdos desde 2002 numa perspectiva bilíngue de trabalho, na qual a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) é considerada a primeira Língua da pessoa surda, enquanto que Língua Portuguesa, em suas modalidades oral e escrita, é considerada a segunda Língua, mas, não menos importante.

"Formar e educar cidadão surdos com consciência e capacidade crítica para atuarem na sociedade em geral e na comunidade de surdos permitindo, ao mesmo tempo, a livre expressão de suas individualidades"

Por meio de uma gestão atenta às necessidades da população Surda foi ampliando sua atuação com o passar dos anos.

Atualmente o Instituto atua em cinco frentes de trabalho: Colégio, Cursos, Capacitação, Inclusão e Pós-Graduação.